Cirurgia Torácica do Vale

Médicos austríacos realizam primeiro transplante de pulmão em paciente com Covid-19 da Europa

Recentemente, médicos da Universidade Médica de Viena, na Áustria realizaram o primeiro transplante de pulmão da Europa em um paciente com Covid-19.

O procedimento, caracterizado como urgente e altamente complexo, foi realizado pela equipe liderada por Walter Klepetko, chefe do Departamento de Cirurgia e da Divisão de Cirurgia Torácica do hospital, substituiu com sucesso os pulmões da paciente de 45 anos, que haviam sido danificados por conta da doença.

“Estamos muito satisfeitos com a condição da paciente, dadas as circunstâncias iniciais extremamente difíceis. Apenas alguns dias após o procedimento, a paciente está se recuperando muito bem”, disse Walter Klepetko.

Transplante em paciente com Covid-19

A paciente contraiu o novo coronavírus há cerca de oito semanas e passou a sofrer insuficiência respiratória completa, de modo que até a ventilação artificial não era mais possível, sendo mantida viva através de uma bomba de oxigenação extracorpórea por membrana (ECMO).

A paciente (que não teve seu nome divulgado) foi levada de helicóptero do Exército Austríaco Black Hawk para o Hospital Geral de Viena / MedUni Vienna e levada para a Unidade de Terapia Intensiva. Nesse ponto, um teste de PCR mostrou que as partículas do novo coronavírus ainda estavam presentes, mas não eram mais consideradas infecciosas, como foi confirmado por uma cultura viral negativa.

Como os outros órgãos estavam funcionando normalmente, mas não havia chance dos pulmões se recuperarem, a equipe médica optou pelo transplante.

“O transplante ocorreu em circunstâncias extremamente difíceis. Mesmo o transporte dos pulmões e a preparação para a operação ocorreram em condições difíceis, principalmente por causa da logística da Covid-19 necessária e das medidas de proteção associadas, as quais tiveram que ser observadas”, completou Walter Klepetko.

Desafios do transplante pulmonar

O transplante pulmonar começou a ser realizado no início da década de 60 do século passado, com maus resultados inicialmente. Após o surgimento da Ciclosporina na década de 80, o transplante de pulmão começou a se consolidar como uma alternativa real em alguns países.

No Brasil, esse início foi lento e restrito a poucos centros médicos, porém nos últimos anos observamos um aumento no número e na qualidade dos resultados dos transplantes realizados por aqui.

O sucesso do transplante depende de inúmeros fatores, como a causa da enfermidade, as condições de saúde do paciente, entre outras. Com os recursos atuais de novos medicamentos e de técnicas aprimoradas, a média de sobrevida dos transplantados de pulmão, depois de cinco anos, é de 60% para o enxerto e para o paciente.

Entre 2017 e março de 2020, foram realizados no país 368 transplantes de pulmão. O número de transplantes do tipo caiu 12,3% entre 2018 e 2019, quando passaram de 121 transplantes para 106, respectivamente.

Até março de 2020, foram realizados 29 procedimentos. Neste ano, é esperado uma redução das cirurgias, uma vez que a rede hospitalar está com a maior parte de sua estrutura reservada para o tratamento de casos graves da Covid-19.

Atualmente, 224 brasileiros aguardam o transplante do órgão, segundo dados do Ministério da Saúde.

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Autora:

Úrsula Neves
Jornalista formada pela Universidade Estácio de Sá (UNESA), pós-graduada em Comunicação com o Mercado pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) e em Gestão Estratégica da Comunicação pelo Instituto de Gestão e Comunicação (IGEC/FACHA)
Fonte: https://pebmed.com.br/medicos-austriacos-realizam-primeiro-transplante-de-pulmao-em-paciente-com-covid-19-da-europa/
 
Referências bibliográficas:
  • https://www.cathlabdigest.com/content/europes-first-lung-transplant-coronavirus-patient
  • https://www.jornaldepneumologia.com.br/detalhe_artigo.asp?id=675
  • https://www.metropoles.com/brasil/saude-br/transplante-de-pulmao-orgao-alvo-da-covid-19-tem-queda-de-12

Data: 13/06/2020

Voltar